Translate

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Das coisas que sei

Não tenho controle das circunstâncias
mas escolho o que fazer do que me é apresentado.
O que eu sinto é muito importante pra mim.
E talvez para mais uma ou duas pessoas. Não mais.
O intervalo de tempo chamado dia
está esperando para ser preenchido de alguma forma.
Devo escolher a melhor. Sempre.
Os meus amigos tem necessidades como eu.
De falar, de serem ouvidos, de chorar e serem consolados.
Tenho responsabilidade sobre as vidas
que me são confiadas a cuidar.
Filhos são os amigos mais próximos que tenho.
E os que mais amo.
E, por isso, os que mais profundamente tocam minha alma.
O sol deve ser curtido com cuidado. Como o amor.
Posso me expor mas é prudente ter um tipo de proteção.
Evita queimaduras, dores, feridas...
A água é fundamental para nossas vidas.
Beba. Mergulhe. Tome chuva. Chore. Inunde-se.
Ainda há tanto o que aprender...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário certamente me fará crescer.