Translate

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Ano novo, vida nova

Acordei um pouco mais leve hoje. Sem o peso de um amor que não flui. Sem mágoa e nem tristeza no coração. Sorrindo um pouco sem graça mas sorrindo.
Mesmo na correria do dia a dia precisamos encontrar tempo para um exame as avessas. Escolher o que não está fazendo bem e atirar fora. Se valorizar. Deixar as âncoras no fundo do mar enferrujando sozinhas sem se contaminar.
Coisa boa demais é se dar conta de que está tudo funcionando independente de sentimentalidades... O sol nasce, os pássaros cantam, eu me espreguiço, me curto, analiso meu cabelo, meu espelho, trabalho e enfim percebo que estou no meio de mais um dia! Comum, maravilhoso, chuvoso, enfadonho... mas estou viva e bem.
Respeito o amor. E amo! Só não quero um 'tipo' de amor que oprime. Ou que não me alegra. Não vale a pena perder a oportunidade de se amar mais!
Desejo um ano novo com manhãs novas e novos sorrisos para todos. E com muito amor!

domingo, 3 de novembro de 2013

Sem graça (um samba)

Tenho me sentido sem graça
sem vontade de erguer uma taça
ou passear na praça.

Há dias as palavras não me vem
e me sinto meio refém
como a esperar ninguém.

Respiro fundo e soluço
pego um papel e me debruço
o coração esmiuço...

Mas meu peito não chora
você não me namora
a vida não melhora...

Então não me amola
não desejo sua esmola
prefiro minha viola
para um samba cantar.


sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Te preciso

Não preciso de muita coisa
Nem te quero para sempre
Não tem que durar muitas horas
Só preciso de gotas homeopáticas de você...

sábado, 28 de setembro de 2013

Quando

Quando a palavra falta
e o silêncio fala
Quando a pele inflama
e o coração reclama
Quando o tudo é nada
e o vazio cala
Quando a noite sobra
e a presença cobra
Quando o querer não basta
e a hora arrasta
Quando quero colo
e em pensamento decolo
Quando tudo tenho
menos o que desdenho
Quando quero tanto
e você não vem...

domingo, 15 de setembro de 2013

Encaixe

Como peças que viviam em diferentes tabuleiros
e por um acaso se encontraram no mesmo roteiro
De forma inimaginável se quis tanto
que deu gosto de ver transformar em encanto.
Em que parte da vida eu podia esperar
quando tudo apagava ver você me abrasar.
É presente demais para agradecer
é ausência demais para querer esquecer.
Gosto de como seus sonhos se encaixam nos meus
gosto de como meu corpo se encaixa no seu.
Gosto de te ter amigo e companheiro,
gosto de compartilhar o que tenho de verdadeiro,
cotidiano, risos, dores, amores e o Cruzeiro.
 

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Tempo

Peço ao meu relógio para andar rápido. Dois minutos de cada vez. Como quando era criança pulando pela calçada apressada para chegar em casa e contar histórias que aconteceram na minha cabeça enquanto na escola.
Rápido. Afinal há tanto não te vejo... Que o tempo que ficou para trás devia ser colorido com tinta invisível pra não ter como contar.
As vezes me pego suspensa em nuvens de pensamento. Calçada com sapatos vermelhos de salto macio para não te acordar. E corro atrás de um tempo que finjo não saber contar. Quando o alcanço me lanço no fundo das horas que sei esperar.
Anda, tempo. Corre, tempo. Para o tempo. Preciso de um tempo mais rápido que dure o segundo do meu piscar. Para fixar a imagem que guardo comigo do seu me deixar...
 
 



segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Quase

Sonhei em quase ser  feliz
quase pensei ter você
quase que eu me iludi
quase você veio me ver


Quase acreditei não estar só
quase até viajei
de mim quase senti dó
eu até quase chorei

Quase não quis mais te amar
quase escolhi te esquecer
quase cri no efêmero
mas de quase quero viver.

sábado, 27 de julho de 2013

Cantarolando

Há dias em que o melhor é não esperar... 
Deixar a surpresa do nada te abraçar
Sorrir porque assim pouco se tem pra falar
E se chorar cuide pra não derramar...
Chame um amigo pra cantarolar
canções que fazem o passado acordar.
Deite sua preguiça sobre o mar
se muito longe, que seja só no sonhar...
Procure palavras de pouco pesar
caminhe usando passos devagar
e para nunca sozinha ficar
ame... mas diga só adorar.


terça-feira, 9 de julho de 2013

Sentimento imenso

Querer bem
querer junto
não ficar sem
sempre querer muito

Gostar com
gostar mais
estar bom
sem olhar atrás

Amar tanto
amar perfeito
sentir tudo
sem doer o peito

Viver assim
viver intenso
ser um todo
sentimento imenso.


quinta-feira, 6 de junho de 2013

Tempo de nunca mais

Seguir o curso da vida como em um barco leve que precisaria de um leme, um remo, um rumo... Mas que foi dispensado só pra se ter o prazer de viver surpresas, viver levezas. 
Precisamos de entender que o tempo não é nosso inimigo. Sábio é quem aceita isso a tempo... Quem para pra se lamentar do que tem ido embora, muitas vezes perde a hora, tropeça nos minutos, cai de cara nos segundos. É certo que tem coisas que ficam pra trás e deixam lembranças cheirosas mas não devem se tornar âncoras. Poderiam servir de remédio pra gastrite, usado com cuidado porque overdose de lembranças tornam-se veneno, paralisam a vida. 
Então vamos deixar fluir... vamos seguir... Admirar as paisagens que surgem a cada curva. Relaxar nas circunstâncias propostas para cada um. Viver.
Nunca mais andar apressadamente, nunca mais não ter tempo pra um "bom dia", nunca mais ter medo de barata, nunca mais ter dor de cabeça, nunca mais... 



domingo, 26 de maio de 2013

Segunda intenção

Nem precisaria eu estar aí
desde que você estivesse aqui
Nem precisaria sentir saudade
se tivesse perto de mim.
Necessário é se colorir por dentro
rir vários risos
só de tê-lo em pensamento.
Verdes sabores
azuis descontroles
amarelos calores
vermelhos amores...
Gavetas vazias
penumbras profundas
lembranças perfeitas
intenções segundas...

sábado, 18 de maio de 2013

Amo assim

Amor é bom de todo jeito,
este é o meu conceito.
O melhor é o correspondido
senão fica meio doído...
Mas o que dói é bom também
Só de ser amor já faz bem.
Aquele de longe faz falta
vira drama na ribalta.
E tem amor que é engraçado
parece até disfarçado.
Gostoso é o coladinho
curto ficar abraçadinho...
O mais lindo é o que tenho em você
fico totalmente a mercê...
Por isso não briga comigo não!
Amo você de montão!

segunda-feira, 6 de maio de 2013

ESCOLHA

Em tempo de se falar em escolhas, vou aproveitar a deixa. É necessário entender que temos a liberdade de definir nosso futuro por meio das nossas escolhas diárias. Mas é importante que aceitemos que as escolhas são individuais. Eu escolho o meu caminho. Certo, errado, torto, reto, doloroso ou não, cabe a mim defini-lo.
 
Apesar dos papéis que desempenhamos no nosso dia a dia seja como profissional, filha, mãe, consumidora, cidadã, existe um que é muito importante. Eu sou a protagonista da minha vida. E tem todo um roteiro a ser respeitado. Eu tenho uma história por trás do que sou hoje. Então, não espero que me entendam. Mas tenho o direito de ter minha escolha respeitada.
 
Para você que me ama, convive comigo e acha que sabe o que é melhor pra mim eu peço: não interfira nas minhas escolhas. Prometo respeitar as suas também. E me perdoe se o que me faz feliz te entristece. Gostaria de ser uma pessoa mais "a sua cara". Mas escolho ser coerente com o que vivi até hoje e assumir minha imperfeição.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Tempo de você

Todo o tempo tem um quando

em todo o tempo sigo andando

e sem querer vou te amando

formas diferentes vou buscando.

Borboletas transformando,

bolhinhas de ar estourando,

letras e letras ajuntando,

sentimentos expressando...

Você em mim se chegando,

pele a pele misturando,

tatuagens redesenhando,

sonhos se concretizando,

dia de ver Fernando.

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Preguiça...

Não me leve a mal se não me ver por aqui. Tenho andado meio cansada de tanto andar... De percorrer descaminhos que me levam a nenhum lugar. Vou procurar um canto pra repousar. Quem sabe minha cabeça para de tanto rodar...
Aguçar meus ouvidos, ouvir pássaro cantar. Dar pros olhos um refrigério, quem sabe consigo chorar... Uma pausa pro falar. Não quero nem rimar.
Nesse espaço que encontrei no meu respirar, como um leve, um suave arfar, quero estar mais leve sem muito pensar. Viver um dia de cada vez, como gosto de falar.
Mas não é de você que quero distanciar. É só dos desgostos, do nada esperar. Sua lembrança ainda é o que me faz suspirar. Coisa boa de sentir mesmo sentindo o coração apertar...
Desculpe a pobreza do meu prosear. Uma forma só de desabafar. Coisa de quem tá com preguiça de tanto sonhar...

domingo, 14 de abril de 2013

Seja feliz

Mesmo que doa a separação
ainda que soe falso
mesmo que meus olhos neguem
ainda que você não vá.
Se for para sempre
e se não durar
e se você se casar
ou se só amasiar.
Não quero te esperar
nem virar estatística.
Quero a lógica
e uma boa despedida.
Dizer adeus,
com os lábios e o coração.
Apagar a vela,
retomar a razão,
respirar fundo
e dizer: seja feliz, então...

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Receita para ganhar uma amiga (de verdade)

Arrisque aceitar um convite virtual para conhecer uma página de alguém que tem um sorriso largo. Curta. Não é só pra clicar... curta de verdade! Leia, saboreie, identifique-se. Comente. Pense... seria bom conhecê-la! E lá, naquele lugar que você ainda não sabe onde fica, ela vai pensar em você. 
E então, em um dia desses qualquer, essa pessoa vai conversar com você como se fosse ato contínuo de outro dia. Como assim? Eu não a conheço! E fale da vida, de sonhos, de amores, de dores... Fale do trabalho, da comida, do trânsito... Trânsito??? Ah, não! Ela é praticamente sua vizinha!!! Como isso é possível!?!? Você pensava que ela morava em outra cidade, outro Estado... e ela está tão pertinho... Do corpo e da alma... 
Participe do grande momento da sua vida quando ela te contar: "Estou lindamente grávida!" Ahhhh... mas isso é maravilhoso! E vai render tantas outras conversas... Descubra que as afinidades são tantas, imensas. Admire-a, simplesmente porque ela é admirável. Pessoa boa, inteira (como ela bem gosta de falar!), amiga. Como vocês nunca se encontraram antes? Ela acha que sim (em outras vidas...). Você sorri por dentro.
Até que um dia ela vai te convidar para o chá de bebê. Ótima oportunidade para conhecê-la pessoalmente. E as outras pessoas que fazem parte do universo dela e que já te parecem tão íntimos. O marido que você já amou através das palavras dela, e já odiou também quando ele a fez chorar. Os pais que poderiam ser amigos dos seus pais. Até a sogra! Bom, os amigos se multiplicaram. Os seus são fãs dela. Os dela, já são seus também.
E nesse caldeirão de tantos encontros e coincidências, os temperos são os melhores. Sal na medida certa, que tempera e conserva. Pimenta para aquelas conversas que fazem vocês rirem demais. E doçura... como ela é doce! 
E então, quando todas as afinidades e diferenças já forem estabelecidas, conhecidas, equacionadas (ou não) chame-a de amiga! Sim, você ganhou de presente uma amiga!!! 
Ah, se puder, tenham uma filha com o mesmo nome, tá!

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Beijo

Preciso tanto de um beijo seu...
daquele que você me deu outro dia
e em um instante em mim acendeu
um calor que há muito se escondia.

Queria buscar na sua boca
as notas de qualquer canção
que em meus olhos coloca
um brilho úmido de distinção.

Mas não basta meu querer
se em ti não há outro igual
será que poderá incorrer
se não for consensual?

Minha boca ainda te espera
e vez por outra te chama
o desejo que nela impera
exprime o quanto te ama.





sexta-feira, 29 de março de 2013

Mineira

Sei que erro
levo a sério
dou bandeira.

Me encerro
no meu império
aventureira.

Dou um berro
sem critério
de doideira.

Desenterro
meu mistério
de guerreira.

Sou de ferro
sou minério
sou mineira.



domingo, 24 de março de 2013

Espelho

Em busca de algo que sei
que não encontrarei aqui
feito de outra matéria
coisa de gente mais séria.
Quase sempre sem vergonha
receio de quem muito sonha
e talvez se exponha.
Num varal pendurado no tempo
Pega seu vestido vermelho
coisa que desaconselho
e se coloca de joelho
procurando dentro de um espelho
metades perdidas de mim.





quarta-feira, 20 de março de 2013

Outono

Estou no outono
minhas folhas caem
após um período feliz
de verdes viçosos...
O outono me invade
sem permitir que adie
tem data marcada
e eu sem uma fada...
Se ao menos pudesse
pedir que espere
que meu verão se prolongue
que meu corpo se alongue...
Mas não tenho condão
e nem ilusão
um dia após outro
no lábio um esboço
do que foi um dia
minha grande alegria
sua companhia...



quarta-feira, 13 de março de 2013

Sonhando

Sonhar é bom! É preciso... É onde encontro o que não tenho. Crio reinos onde sou rainha. Satisfaço meus desejos sem falsos pudores. Reencontro amores... 
No meu sonho você me ama! E canta para mim enquanto sorrio e te faço agrados. Sou capaz de jurar que nem era sonho! Pude sentir o sabor de cada palavra dita, o calor do seu olhar, o barulhinho do seu abraço... 
Ah, no meu sonho a sua beleza aumenta, parece até que vai explodir! E eu fico admirando extasiada cada detalhe do seu relevo. Dá uma vontade de segurar a sua mão e seguir por estradas desconhecidas. E ir simplesmente... porque você está comigo. 
Passamos por paisagens diversas. Percorremos planaltos de vegetações secas e retorcidas. Atravessamos córregos limpinhos, fininhos... Subimos em uma montanha alta, sentamos naquela pedra de onde temos a visão que quisermos... Massageio seus pés...
Não, não quero acordar... Me deixe ficar mais um pouquinho. Quero mais cinco minutinhos com você.  E então vou abrir meus olhos devagarinho, com meus dedos cruzados, torcendo pra te ver ao meu lado.

quarta-feira, 6 de março de 2013

domingo, 3 de março de 2013

Pronto, falei!

Não acredito mais em príncipes! Me parecem tão artificiais... Como se por trás do sorriso impecável houvesse um abismo de insegurança. Seu penteado totalmente simétrico me dá sono. As promessas de felicidade eterna em um castelo já não me encantam. Soam a monotonia...
Mas sei que os príncipes também não querem uma princesa como eu. Independente demais, cheia de opinião... Deus me livre de ter um castelo inteiro pra limpar! Hahaha... Não, príncipes, definitivamente não tenho perfil de princesa. Sou transparente demais. Tenho uma vida real. Errei muito e conto pra todo mundo! Assumo. E, quer saber? Te acho um chato!
Estou preferindo uma vidinha normal em um apartamento. Dividir uma colher de brigadeiro na cama. Rir de qualquer bobeira até a barriga doer... Poder passar a mão em um cabelo atrapalhado. Viajar nas férias para um lugar que nem foi escolhido ainda... porque sou assim...
Mas o meu sapo será feliz! Amado de verdade! Terá uma companheira. Alguém que estará sempre pronta a  ouvi-lo. E assim, bem desse jeitinho, viveremos felizes em um "para sempre" que durará além do calendário.

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Remanso

Hoje, tudo o que eu quero
é oferecer um lábio pro seu repousar,
e um pouco de silêncio pro seu som,
te dar um colo pra descansar,
e um olhar da cor do seu tom...
Hoje eu queria estar aí com você,
te acompanhar por onde precisar,
te ouvir, te calar,
te exaurir de tanto gargalhar...
Hoje gostaria de sentir sua dor,
curar sua ferida,
te chamar de amor.
Hoje tenho necessidades mais suas do que minhas.
Urgência em te compreender...
Ser remanso pra você,
e pra te ver feliz, me moer...

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Crescente

Quero um pouco mais de mim
já é tempo de me cobrar
virar gente grande por fim
dar minhas asas pra aparar.

Amadurecer é tornar-se
é desesverdear
é guardar na lembrança
o que queria realizar.

E não depende de idade
vai mais é do coração
pendurar a felicidade
e vestir a razão.

Minha alma sempre foi criança
pelo menos vejo assim
mas tudo o tempo amansa
e faz do princípio, um fim.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Sede

Estava com sede de você
de me banhar na sua fonte
de viver essa magia
escalar o seu monte.

Estava com sede de você
de respirar o seu ar
de curtir este sorriso
mergulhar no seu mar.

Estava com sede de você
e com fome do seu beijo
de enroscar no seu corpo
me entregar a esse desejo.

Estava com sede de você
mas agora estou saciada
vou bailar nas estrelas
trilhando nossa estrada.

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Dosando o amor

Preciso aprender a dosar sentimentos
ajustar alguns itens
querer menos a sua presença
desamar um pouquinho...
só um pouquinho...
Gosto de amar você
me faz bem sorrir ao te ver
Preencher meus dias com suas falas
te ver vestir sua roupa de gala
te fazer gargalhar na minha sala...
Só tenho receio de te sufocar
e com isso querer se afastar
e não mais me beijar...
Será que sentimento se dosa?
Não vou mais escrever nenhuma prosa
tentar me fazer mais formosa
te trazer pra minha vida cor de rosa
Te mostrar que pode ser deliciosa...


domingo, 13 de janeiro de 2013

Falta

Só mais um pouquinho de você
nesse tempo que não reduz
Não aguento mais tanto querer
encher meus olhos de luz.

Falta uma vida em comum
e eu aceitar ser feliz 
De tanta falta que sinto
as vezes me sinto uma atriz.

Falta você dentro do meu abraço
e debaixo do meu cobertor
Falta você nos meus espaços
Falta eu no seu amor.



segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Agora

Agora reencontrei meu sorriso
estava meio amarrotado
perdido longe do paraíso
guardado no fundo da gaveta.

Agora vou acordar com alegria
olhar pro céu azul
(independente da cor que ele tiver)
porque é você quem colore o meu dia.

Agora descobri um segredo
que se escondia no seu olhar
Preciso de um brinquedo
de papel, lápis e você perto de mim

Agora só o que me importa
é que eu sei que te amo
espelho que reflete minha vida
força eterna que me suporta.






sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Canção da saudade

Ando com saudade de você
daquele açaí gostoso
de me preparar pra te ver.
Ando com vontade de te ter
de acariciar seu cabelo
de simplesmente ser pra você.
Ando meio sem companhia
porque todo mundo perdeu a graça
ou talvez seja só pirraça
só desejo de ser sua caça.
Ando até sem inspiração
de escrever uma canção
ou tocar meu violão
ou pisar em outro chão.
É mais difícil querer
quando nada faz sentido
quando pego meu vestido
e então sinto o cheiro seu...




terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Acontecimentos

Coisas acontecem
todos os dias, toda hora...
Simplesmente acontecem
Deixam marcas
ou passam...
Algumas percebemos na hora
outras, depois
Então você aconteceu
e agora todo dia, toda hora
acontece, marca
E o que não era... torna-se
O casual agora importa...
Minha pele quer sentir
o que a sua diz pra mim
Meu perfume quer ser aquele
que alegra sua alma
E esse momento quer ser eterno
na sua calma.

Um canto

Como não rir do seu sorriso?
Como não ir com a sua cara?
Como não perder o juízo
se ao te ver o coração dispara?

Moço, já quis tanto
que dói no peito
mas não tenho pranto...

Sei que é defeito
Meu, não seu
porque sua caminhada é curta
e a minha já faz a curva...

Te ganhar seria o céu
e com tanta imperfeição
de rima e de sentimento
não tenho jeito
ainda tento...

Quem manda ouvir o coração?