Translate

domingo, 2 de dezembro de 2012

Desnecessário

Alguns sentimentos brotam no tempo
Brincam com as ideias,
mergulham em locais proibidos,
crescem...
Mas como meninos rebeldes,
as vezes escolhem mal seu caminho...
Dão cabeçadas.
Machucam.
Não aprendem...
O problema dos sentimentos
é que não morrem de uma vez...
Agonizam.
Por vezes, ressuscitam.
Mais fracos.
Débeis.
Mas sentimentos...
Ah, quem dera fossem desnecessários...
Descartáveis.
Desplugáveis.
Juro que eu desligaria de uma vez!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário certamente me fará crescer.