Translate

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

#Chorei

Águas me invadem esta tarde
vindas de todos os lados
irrigando aridez antiga
herança dos antepassados..

A que me afoga é a que vem de dentro
causando estranheza em meu corpo
sensação esquecida no tempo
dor parecendo um aborto.

Não falo do que não sinto
soa falso, não consigo
por isso meto os pés pelas mãos
e sofro da verdade o castigo.

Venha, lágrima amiga
role pelo meu rosto
lave o que for preciso
e leva embora esse desgosto.

2 comentários:

  1. "Lave o que for preciso..." Querida, você parece tão triste hoje e fiquei muito sentido, tinha que passar aqui para te enviar um abraço, mesmo digital, e mesmo de longe, mas do fundo do meu coração! As vezes é bom para soltar as lágrimas para lavar o que for precisa, você não precisa ser forte em todo tempo menina. Eu senti o seu coração atrás das suas palavras sinceras e gostaria de agradecer por compartilhar não somente os momentos felizes, mas também os momentos difíceis e tristes. Com muito carinho, Ronald (seu maior fã :)

    ResponderExcluir
  2. Só tenho que agradecer suas doces palavras, amigo. Precisava mesmo deste carinho. Muito obrigada!

    ResponderExcluir

Seu comentário certamente me fará crescer.