Translate

domingo, 4 de novembro de 2012

Olhares particulares

Nesta roda gigante do dia
te encontro em muitos lugares.
Na igreja, na boemia,
em olhares particulares.
 
 
Em abraços que não são seus,
em músicas que nem gosto,
em frases de adeus,
em colos que encosto.

Fico olhando pro seu retrato
esperando que algo aconteça.
Quero sair do anonimato
mas quero que mereça.

Por enquanto vou seguindo
esse caminho do bem
sonhando com o que é findo
sentada no canto do trem.
 
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário certamente me fará crescer.